Notícias

12-09-2017 94% das micro e pequenas empresas foram pontuais no pagamento em julho, aponta pesquisa

Apesar da instabilidade econômica que atinge os brasileiros, a maioria das micro e pequenas empresas têm conseguido cumprir seus compromissos financeiros dentro do prazo. É o que indica uma pesquisa da Serasa Experian divulgada nesta semana, que utiliza como parâmetro os pagamentos mensais efetuados por 600 mil estabelecimentos do país. De acordo com os dados, a pontualidade de pagamento das micro e pequenas empresas atingiu 94% no último mês de julho. Isso quer dizer que a cada mil pagamentos realizados, 940 foram quitados à vista ou com atraso máximo de sete dias. As empresas do setor comercial foram as que registraram o maior valor médio de pagamentos pontuais: R$ 1900. Número que reforça a importância do segmento para a economia brasileira, como explica o especialista em administração financeira de empresas Marcos Melo.

“Primeiramente a gente precisa ressaltar a importância das micro e das pequenas empresas no Brasil, responsável por aproximadamente 50% dos empregos formais. O que é de se supor, inclusive, de que de fato o comércio tende a ter um nível de inadimplência menor do que, por exemplo, serviços. Afinal de contas, o comércio precisa estar em dia com seus fornecedores para que possa continuar funcionando”.

Apesar dos índices expressivos, o estudo da Serasa Experian também revelou uma ligeira queda de 0,5% na adimplência das micros e pequenas empresas, se comparada com o mês de março. No caso dos estabelecimentos do setor de serviços, a pontualidade de pagamentos foi a mais baixa do ano: 89,9%. Vale lembrar que a pesquisa considera como micro e pequenas empresas aquelas cujo faturamento liquido anual não ultrapassa R$ 4 milhões.

Voltar
Deixe Seu Comentário