Notícias

10-03-2018 Revelado o que fez Maiara perder 15 kg em 2 meses; dupla Maraisa também emagreceu

Há alguns meses, as irmãs gêmeas Maiara e Maraisa estão sendo vistas com uma silhueta mais enxuta. E não é novidade que a dupla sertaneja já passou por algumas fases de mais e menos peso, bem como histórico de ansiedade e uso de dispositivos como o balão gástrico para perder peso.

Apesar de terem negado qualquer mudança na rotina visando o emagrecimento, a dupla agora revelou que perdeu peso mesmo e contou o que fez.

Emagrecimento de Maiara e Maraisa

De acordo com informações da assessoria de imprensa das cantoras, no início de 2018, Maiara foi submetida a uma cirurgia bariátrica, intervenção que reduz o tamanho do estômago do paciente.

Até agora, dois meses após o procedimento, a cantora eliminou cerca de 15 kg.

Já Maraisa, visivelmente mais magra, optou por seguir uma dieta baseada em suplementação e alimentos mais qualitativos no cardápio.

Trajetória de efeito sanfona

Antes da gravação do DVD "Ao Vivo em Campo Grande", em 2017, as irmãs sertanejas colocaram o balão gástrico, um dispositivo utilizado para auxiliar na perda de peso que ocupa lugar no estômago e faz o paciente comer menos.

Em entrevistas, as cantoras contaram que chegaram a perder mais de 10 kg cada com o balão. No entanto, após a retirada do aparelho, teriam voltado a engordar pela pouca mudança de hábitos durante o uso do dispositivo.

Balão intragástrico

O balão intragástrico é um método de redução de peso e era utilizado apenas por pacientes com obesidade mórbida (IMC maior do que 40) como preparo para a cirurgia bariátrica.

Porém, há algum tempo, passou a ser adotado para fins estéticos.

Ansiedade e ganho de peso

Depois dessa fase, Maiara chegou a relatar em entrevistas que havia ganhado 20 quilos em dois anos, um aumento de peso considerado perigoso, por conta de ansiedade e estresse de sua rotina.

Para ela, o estado de estresse constante, devido aos compromissos profissionais, era um dos maiores causadores do aumento do seu peso na balança. Por isso a cantora se submeteu a uma cirurgia bariátrica.

“Eu comia e não tinha fundo”, disse Maiara ao apresentador Fábio Porchat, em seu programa na TV Record.

Cirurgia bariátrica: quem pode fazer?

cirurgia bariatrica riscos 400x800 0317
© marina_ua/shutterstock cirurgia bariatrica riscos 400x800 0317

O Conselho Federal de Medicina (CFM) afirma que as cirurgias bariátricas são indicadas para indivíduos com um grau considerável de obesidade, em que o cálculo do IMC fica entre 35 e 40 kg/m².

Ainda de acordo com a instituição, pacientes com doenças e sintomas associados têm indicação ainda mais precisa para o o procedimento.

É o caso de diabetes tipo 2, apneia, pressão alta, problemas cardíacos ou coronários, doenças osteo-articulares, hérnias, quadros graves de asma, refluxo, presença de níveis elevados de gorduras no sangue, inflamação da vesícula biliar, inflamação do pâncreas de repetição, fígado gorduroso, veias varicosas, síndrome dos ovários policísticos, hemorroidas, depressão etc.

A endocrinologista Maria Fernanda, membro da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM) e da Sociedade Europeia de Endocrinologia (SEE), explica que a bariátrica é recomendada para quem é resistente aos medicamentos para perda de peso e também quando há risco de morte por conta da condição.

Fonte: JbJ-News
Voltar
Deixe Seu Comentário