Notícias

27-11-2019 Secretaria de Saúde convoca a população para a campanha de vacinação contra o sarampo

A Secretaria Municipal de Saúde de Palotina estará desenvolvendo no próximo sábado, dia 30 de novembro, o “dia D” da vacinação contra sarampo. O objetivo da campanha é administrar a vacina para jovens entre 20 a 29 anos, tendo em vista ser essa faixa etária mais acometida pela doença.

Segundo enfermeira do Departamento de Vigilância em Saúde, Maristela Barbieri, a situação do sarampo no Estado do Paraná é preocupante, visto que até o presente momento, 429 pessoas possuem diagnóstico confirmado para doença, inclusive com um caso no município de Toledo. Do total de casos, 227 (53%) encontram-se na faixa etária da campanha. Também é importante informar que o Brasil registra 14 óbitos por sarampo no ano de 2019. Diante deste cenário, há necessidade da união de esforços para a manutenção de boas coberturas vacinas, sendo essa a única estratégia de prevenção e controle da doença.

Vale ressaltar que conforme Calendário de Vacinação do Ministério da Saúde para imunização efetiva, a população até 29 anos de idade necessita apresentar duas doses da vacina contendo componente contra sarampo, e a população com idade entre 30 a 49 anos, dose única. Nesse sentido orienta-se que as pessoas compareçam no Posto de Saúde para verificação do esquema vacinal.

Em Palotina o “dia D” será realizado no Posto de Saúde Central e Distrito de São Camilo, no horário das 08 às 17h e as pessoas que buscarem pelo atendimento devem apresentar o cartão de vacinação, documento pessoal e Cartão SUS.

Sarampo – é uma infecção viral, altamente contagiosa, transmitida de pessoa a pessoa por via aérea, através da fala, espirro, tosse e respiração no período de quatro a seis dias antes do aparecimento das manchas até quatro dias após. Pode acometer todas as faixas etárias, com mais gravidade em crianças e pessoas portadoras de doenças crônicas. O vírus pode levar a complicações respiratórias e neurológicas podendo levar a óbito. Os sintomas incluem febre alta, acompanhada de tosse, olhos vermelhos, nariz escorrendo ou entupido evoluindo cerca de quatro dias com manchas avermelhadas no corpo que iniciam na face e posteriormente se espalhando no corpo todo.

Voltar
Deixe Seu Comentário