Notícias

05-10-2017 Xuxa tenta explicar filme porno que fez com criança de 12 anos, se enrola e não explica nada

Xuxa fala sobre polêmico filme ‘Amor, Estranho Amor’ e rebate ‘pedofilia’

A apresentadora Xuxa Meneghel quebrou o silêncio sobre o polêmico filme no qual fez participação em 1982, ‘Amor, Estranho, Amor’, na noite de quarta (4), em seu Facebook. O longa é considerado por muitos ‘pedofilia’, já que a apresentadora aparece numa cena de sexo com um menino de 12 anos – muito embora ela tivesse apenas 17 anos na época das gravações e também fosse menor de idade.

Xuxa, aos 17, em foto de divulgação do filme (Reprodução)Xuxa, aos 17, em foto de divulgação do filme (Reprodução)
O assunto veio à tona durante um vídeo ao vivo de perguntas e respostas sobre a Lei Menino Bernardo no Facebook da apresentadora. Em determinado momento, Xuxa destaca que as pessoas apontam sua participação no filme para desqualificá-la. encampa a campanha ‘Não Bata, Eduque’.

“Não gosta de mim, não tem problema. Ótimo, não quero que gostem de mim…. Querem me chamar de garota de programa, querem me chamar de pedófila porque fiz um filme quando tinha 18 anos, chamem. Aliás, eu gostaria que todo mundo visse o filme, por favor. É muito bom. Querem me chamar de prostituta, chamem. Mas, existe uma lei chamada Menino Bernardo, que vocês vão ter de aceitar. E essa lei é clara, não pode usar violência contra criança”, disse.

A Lei 13.010/2014, conhecida como Lei Menino Bernardo, determina que crianças e adolescentes têm direito de serem educados sem castigos físicos ou de tratamento cruel ou degradante.

No vídeo de quase duas horas de duração Xuxa responde perguntas de internautas sobre a Lei da Palmada. O vídeo teve mais de 367 mil visualizações até a publicação desta matéria.

Discussão
A live no Facebook foi marcada em suas redes sociais após a apresentadora se envolver em discussão com o apresentador José Luiz Datena. Há poucos dias, Xuxa afirmou que zapeava de canal quando se deparou com uma declaração do filho do apresentador, Joel Datena, dizendo que bateria no filho caso ele fosse autore de infração que havia sido televisionada.

“Mudando de canal vi essa pessoa falando de uma criança de 10 anos que pegou um carro e saiu gravando isso. Até ai ok a indignação do apresentador… Mas dizer que se fosse filho dele ele ia bater, e que seria melhor ele bater que a policia … Aeeee não né?Dizer que a Lei Menino Bernardo não vale pra ele. Então, meu Senhor… A lei serve pra TODOS.. Violência gera violência e falta de informação no seu caso é imperdoável.
Como uma pessoa que deveria passar informação é tão desinformado.Uma criança nao deve ser corrigida com porrada, é fato, é lei”, disse Xuxa.
Poucas horas depois, Datena (o pai) tomou as dores de Joel e postou vídeo atacando a apresentadora, mas sem citar seu nome, dizendo que uma das poucas vezes em que teve vontade de “dar umas palmadas” no filho havia sido quando assistiu ao programa “daquela garota de programa infantil, que cresceu e ainda continua infantil e, além disso, imbecil”.

Voltar
Deixe Seu Comentário